Open InsuranceInovaçãoAPI

A revolução das APIs

Os desenvolvedores passaram grande parte dos últimos anos criando APIs para ajudar a conectar aplicações. Essas APIs foram usadas principalmente para conectar sistemas dentro de uma empresa ou também para automatizar processos. 

Chegamos em 2020 e as empresas que compõem o mercado de seguros estão cada vez mais levando a integração de aplicações para um próximo nível. Tudo para aproveitar as possibilidades das novas tecnologias, integrando rápida e facilmente ecossistemas inteiros. 

Isso está desencadeando um novo tipo de inovação, em que empresas e sistemas, juntas estão criando produtos e experiências disruptivas a todos. Estamos vendo, na prática, como os ecossistemas já começaram a influenciar e alterar a tecnologia e os processos que usamos hoje.

É a revolução das APIs! Conheça mais sobre ela neste post.

A natureza do trabalho mudou

Há uma década, muitos processos de negócios podiam ser concluídos de ponta a ponta usando um único sistema, mas hoje em dia é muito diferente. Os processos se estendem por várias aplicações e linhas de negócios, alguns dos quais nem são de propriedade da empresa, mas pertencem a clientes e parceiros.

Considere o simples ato de contratar um vendedor de seguros. Você pode publicar a vaga em um site de empregos ou contratar uma empresa terceirizada para fazer todo o processo. Quando a contratação é feita, o colaborador precisa ser adicionado ao sistema de folha de pagamento, conectado ao provedor de benefícios e inscritos em treinamentos, entre diversos outros processos.

A boa notícia é que entramos em uma nova era, em que a integração de sistemas não é mais uma carga dispendiosa e demorada. Por exemplo, estão disponíveis integrações pré-criadas e novas ferramentas que podem simplificar e acelerar processos que antes demoravam demais.

É a inovação de ecossistema de APIs batendo à porta! 

Em muitos casos, essas integrações estão se tornando o recurso central de uma nova oferta de produtos digitais. Por exemplo, considere a necessidade de se saber mais sobre o cliente. Com uma API é possível, por meio de dados públicos, saber mais sobre o seu comportamento.

Essa tendência continuará ganhando força e ajudará a desencadear uma explosão de inovação, na qual o mercado de seguros e as empresas de software criam rapidamente produtos totalmente novos e integrados que proporcionam melhores experiências. 

Pense, por exemplo, em um processo de venda de um seguro muito mais simples! Começa com o interesse do cliente por um produto sendo demonstrado pelo site ou aplicativo, com o atendimento feito por um corretor via chat. O interessado manda seus dados e documentos via internet, eles são checados. Quando tudo está ok, a apólice é emitida. 

As APIs, agora, são sinônimo de disrupção

Durante a década passada, bastava fornecer apenas uma API. Essa é a base para conectividade e interoperabilidade, mas uma API por si só não realiza a sincronização de dados necessária para automatizar os processos de negócios. 

Em 2020 e além, os fornecedores de aplicativos arcarão mais com o ônus da integração do que apenas fornecer uma API. Eles oferecerão cada vez mais plataformas para facilitar as integrações, incorporando serviços como uma camada de conectividade em todas as aplicações.

Um desafio que trará muitas oportunidades para o ecossistema de seguros. Não é mais suficiente criar um produto sem considerar o ecossistema no qual ele deve funcionar. As barreiras são técnicas, organizacionais e até culturais.

A antiga abordagem do planejamento se concentrava nos recursos e funções necessários para concluir uma tarefa ou processo, tudo sob o controle da empresa proprietária. 

A complexidade aumenta ainda mais com base no fato de que não há duas implementações iguais. Dados do cliente e fluxos de trabalho personalizados estão se tornando normas à medida que os novos produtos são ajustados em cada implementação. 

As APIs criarão melhores experiências, principalmente na hora de inserir os produtos em ambientes digitais, como um site ou aplicativo. Elas são capazes de otimizar o trabalho e facilitar o fluxo contínuo de dados entre dezenas e centenas de aplicações que coexistem dentro do ambiente.

Mais e mais empresas entendem que as integrações são essenciais para sua proposta de valor. O marketplace de APIs da GR1D Insurance, por exemplo, inclui desde assistências e seguros a ferramentas que ajudam a ter uma oferta melhor e mais assertiva. Isso sem dizer das que ajudam a conhecer melhor o cliente, como as de enriquecimento de dados e consulta de crédito. São muitas as possibilidades!

Por que utilizar o marketplace de APIs da GR1D Insurance? 

Utilizar as interfaces de aplicações disponibilizadas pela GR1D Insurance é essencial principalmente para as pequenas empresas. Isso porque otimiza a construção de aplicações que tornarão a empresa mais inovadora e disruptiva. 

Vale a pena utilizar a plataforma da GR1D Insurance, pois corta o custo de desenvolver uma nova API, além de tê-la pronta muito mais rápido. Ainda que o uso dela possa não ser gratuito, já que alguns tipos de API têm um custo de utilização, investir em uma API compensa. 

Afinal, o custo é muito inferior ao recurso que seria destinado para desenvolvê-la, especialmente se o cliente tem urgência.    

Por isso um marketplace de APIs é tão importante: ele reúne em uma só plataforma todos os envolvidos que precisam trabalhar em parceria para viabilizar esse tipo de entrega. Oferece aos parceiros e clientes uma série de vantagens como velocidade e facilidade de conexão, assertividade na busca da API ideal e diminuição de retrabalho e erros.

Ficou interessado? Então saiba mais sobre a plataforma da GR1D Insurance!