Open InsuranceInovaçãoHackatonTech for People

Hacka GR1D online pelos seus participantes: saiba tudo!

Sem pessoas o Hacka GR1D simplesmente não existiria! São elas que trazem emoção e veracidade à maratona ao pensar maneiras inovadoras de melhorar o ecossistema de seguros.

Que tal conhecer mais sobre a experiência vivida no hackaton por participantes e pessoas que fizeram parte da organização? Então não deixe de ler este post!

Renato Terzi, CEO da GR1D

Foram 21 projetos para avaliar, meu feriado foi bastante dedicado ao hackaton. A qualidade dos projetos entregues superou tudo o que já tínhamos até hoje. Foi difícil escolher os vencedores, com muita discussão e uma diferença de pontos muito pequena. Realmente mudamos de patamar, parabéns a todos!

Tivemos a oportunidade de passar o final de semana com os melhores do Brasil. Tenho certeza que nenhum de vocês entrou pelo dinheiro do prêmio, mas sim porque querem fazer algo diferente. 

Foram mais de 100 mentorias e coisas muito boas foram realizadas. Agradeço a cada um de vocês por ter feito esse esforço. Queremos dar mais oportunidades como essa no futuro.

Os projetos foram pertinentes ao tema e trouxeram soluções. Foi um nível incrível de assertividade e todos eles têm espaço para se transformarem em empresa, irem para o mercado. 

Fabiana Bergamin, diretora de Novos Negócios da GR1D

Todos foram muito participativos no início, só gratidão! Todo o time: Shawee, GR1D, jurados e mentores abraçaram a causa desde o início. Desde a primeira live de orientação para todo o time, durante o final de semana e mesmo depois. 

O importante foi a jornada, o processo todo foi muito legal. E é interessante que quem participou não abandone a ideia. Eles tiveram conexões com vários mentores que estão em empresas que podem de alguma forma contribuir, incentivar e abraçar parte dos projetos. O objetivo vai além, é bem mais amplo. 

Adoramos o formato online, foi muito interessante. Todos que tiveram a experiência com a plataforma da GR1D podem inclusive usar as APIs em outros hackatons, será um diferencial competitivo. 

Teremos outras edições do Hacka GR1D, os hackatons fazem parte da nossa história, da estratégia. Seja para divulgar o portfólio como para fazer parte do ecossistema de seguros.

Abraão Sena, fundador da Shawee

Foi emocionante, foi eletrizante. Vimos o esforço de todos, foi espetacular. Acompanhei dois dias de mentorias, a submissão de projetos e fiquei encantado. A atmosfera criada, a alegria foi sensacional. 

Interação, bate papo e animação, é isso que queremos. Os mentores ficaram emocionados, foi uma energia muito grande. Foi um show, sem palavras. Não queria ser os jurados e não foi fácil, mas eles conseguiram avaliar com muito carinho.

Ismael de Andrade Junior, Superintendente de Estratégia e Inovação da Zurich Seguros e jurado

A avaliação foi realmente difícil! Todos os projetos trouxeram grandes ideias. Foi um desafio muito grande, achei que seria mais fácil. Todos estão de parabéns, já que o tempo foi bem escasso. 

A qualidade dos projetos foi muito boa e eles estavam muito aderentes ao que a GR1D propôs para ajudar os corretores de seguros neste momento de transformação digital.

Jaqueline Hansen, CEO da Motor The Content e mentora

Participei de três mentorias no domingo. O mais interessante foi que os grupos estavam muito engajados com o projeto, buscando novas ideias. Os projetos que mentorei foram bem diversos, mas todos com soluções muito criativas e coerentes.

As equipes propuseram soluções que ajudassem o corretor a fortalecer o seu relacionamento com possíveis cliente por meio de redes sociais. Um dos times me surpreendeu bastante por ter extrapolado este conceito, pensando em uma plataforma que permitisse que esse profissional fizesse uma venda por um aplicativo, inclusive fazendo reuniões e consultorias online. 

Como mentora achei muito relevante ter contato com outros mentores, pude trocar experiências e aprendizagens, como também aprender mais sobre o ecossistema de seguros. Tanto com os participantes do Hacka GR1D como com os outros mentores. A cada mentoria realizada eu senti que dei e recebi na mesma proporção. Foi uma experiência muito rica e valiosa.

Ilana Mallak, vencedora

Foi incrível! Esse foi o meu segundo hackaton e sempre tive muita vontade de participar. Mas me sentia às vezes até mal por achar que era coisa apenas para programador. 

Quando participei do primeiro gostei muito, vi o quanto é importante ter uma designer, o quanto o pessoal da programação sente falta desse profissional. Percebi como é fundamental ter pessoas de outras áreas, como desenvolvimento de negócios. Me apaixonei, foi muito legal. 

Quando o time se formou ninguém conhecia muito sobre seguros, cada um de uma área, seguimos bem à risca a orientação. Aprendemos muito sobre seguros principalmente ao conversar com os mentores. 

O time teve pessoas dos estados de São Paulo, Amazonas e Pernambuco. Trabalhamos muito bem, todos estavam muito comprometidos, motivados e afim de trabalhar. Até o fim tivemos a ideia de entregar o melhor projeto possível. Estamos muito felizes pelo reconhecimento, saber que fizemos um bom trabalho.  

Wallace Rocha, 2º lugar

Entrei com um time novo. Trabalhamos intensamente de madrugada e submetemos o projeto faltando apenas cinco minutos para encerrar, mas deu tudo certo!

Todos os participantes do grupo eram do estado de São Paulo. Foi o segundo hackaton online que participo e a adrenalina é igual, inclusive achei mais cansativo.

Paulo Victor, 3º lugar

Coração tá acelerado, foi uma grande surpresa, participei desde o primeiro Hacka GR1D. Foi um trabalho muito bem elaborado e pensamos bem na dificuldades dos corretores de seguros.

A jornada foi bem complexa. Tivemos a primeira mentoria com a Fabi, que foi de grande ajuda. Remodelamos a ideia e focamos no problema passado. Começamos a entender que a dificuldade era a comunicação entre o cliente e o seu corretor.

Decidimos então fazer uma ligação de forma fácil, rápida e simples, que ajudasse tanto o corretor como o cliente a encontrar caminhos para a comunicação. 

A equipe estava bem unida e foi algo incrível. O fator decisivo foram três mentorias com corretores que aconteceram no sábado, que ajudaram a decidir e modelar as ideias.

Gostou dos depoimentos? Então continue lendo o Trends para saber mais novidades sobre os próximos Hacka GR1D!